História na passarela.

Chanel Haute Couture – PFW.

Surpreendente, como sempre, a Chanel armou um Fashion Show para ser eternamente lembrado na Paris Fashion Week desta temporada. O renomado kaiser da label, Karl Largefeld, teve a brilhante ideia de reproduzir um de seus ateliês, o mais tradicional deles que existe desde a época de Coco Chanel, no Grand Palais, com máquinas de costura, carretéis e tudo que tem direito. A ideia era usar a estrutura do desfile como uma forma de protesto contra o see now, by now (veja agora, compre agora) que está ganhando espaço, mostrando que por trás de cada peça existe uma história, e uma grande equipe. Durante o desfile via-se as costureiras trabalhando, as chefes de ateliês, e até algumas peças sendo finalizadas enquanto as modelos desfilavam pela “passarela”.

Quantos as peças, o clássico terninho de tweed esteve presente, mas em versão modernizada e alta costura, com bordados. Calças pantacourt continuam presentes, uma dica de styling para tornar o look de verão, invernal, foram as botas over the knee usadas com vestidos mini e midi, e também com as pantacourts. Os casaquinhos estruturados participavam de quase todos os looks, bordados ou não. O comprimento midi dominou a passarela. Quanto a estética, Chanel apresentou um visual despojado nos cabelos e na maquiagem, com cara de fim de noite.

Ao fim do desfile, Karl entrou com as chefes de ateliê e se emocionou, será que os boatos de sua aposentadoria são verdadeiros?! É fato que mesmo com tanto tempo de estrada, ele mostra que é possível se reinventar sem perder a essência.

Vem conferir!

YFUY BJB dg DR GYU HJV JKB JYG KJB kn NMB Sem título VKU XFDX